Obras na BR-135 são retomadas

inicio das obras na BR 135Máquinas já estão trabalhando no trecho entre Montalvânia e o povoado de Monte Rei

Moradores e viajantes que passam pela BR-135, entre Montalvânia e o povoado de Monte Rei, no extremo Norte de Minas, já veem máquinas e homens trabalhando na pista. A obra, que estava paralisada desde o final de 2011, está sendo realizada pela construtora Ethos Engenharia, que venceu a licitação no último mês de agosto. A empresa começou a instalar o canteiro de obras no dia 14 de novembro, imediatamente após a autorização do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). O ato, em Brasília, foi acompanhado pelo deputado estadual Paulo Guedes, que tem feito gestões junto à autarquia federal para dar celeridade à conclusão das obras.
 
O engenheiro supervisor, Wagner Ferreira da Cunha, afirma que, mesmo com as limitações do período chuvoso, o trabalho está avançando em algumas áreas. “Estamos começando com a parte de drenagem, terraplanagem e recuperação da estrada. Vamos abrindo as frentes de serviço de acordo com as condições climáticas e avançando na medida em que o tempo melhora”, disse o representante da Construtora Ethos

O prazo oficial para execução da obra é estimado em 12 meses, mas, diante dos avanços nos trabalhos, o supervisor do DNIT em Montes Claros, engenheiro Wainer de Andrade Nether, tem uma previsão otimista de antecipação dos serviços. “Por enquanto, estamos trabalhando com a mobilização mínima, mas, passadas as chuvas, vamos começar com força total e acredito que será possível concluir toda a obra antes do previsto”, disse.
 
Com a pavimentação dos 18,4 quilômetros do subtrecho Montalvânia/Monte Rei, a parte da estrada que vai de Manga até a Bahia estará concluída. O deputado Paulo Guedes, que há mais de 15 anos faz gestões junto ao governo federal para realizar o sonho dos municípios do extremo Norte de Minas, destacou alguns avanços desde 2010, quando a conclusão da BR-135 foi incluída no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do governo federal. “Já foram concluídos os subtrechos Manga/Monte Rei e Montalvânia/Divisa com Bahia, que totalizam cerca de 50 quilômetros. Agora, com a retomada das obras em mais este subtrecho da estrada, daremos mais um importante passo”, declarou o parlamentar.
 
Paulo Guedes afirma que, com o avanço de mais esta etapa, restará apenas o trecho entre Manga e Itacarambi – com extensão de 49 quilômetros – para que a BR-135 seja 100% pavimentada. Em abril deste ano, o DNIT realizou licitação para elaboração dos estudos e anteprojeto de engenharia para as obras nessa parte da estrada, que ainda esbarram nos impasses ambientais, como a possível existência de cemitério indígena no traçado da rodovia e as cavernas do Parque Nacional do Peruaçu.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: